Por que você precisa de uma loja virtual

O comércio online já foi visto como algo desacreditado. A primeira compra realizada na internet, como características semelhantes às que são feitas nos dias de hoje, foi de um CD e aconteceu em 1994. Na época o feito foi visto como loucura, algo que não daria certo.

Desde então o mundo ficou cada vez mais conectado, e com isso, as pessoas mudaram sua forma de consumir.

O número de brasileiros que fazem compras na internet, demonstra como a facilidade de fazer comparações de preços e escolhas no conforto de casa têm sido a opção mais adotada pelos consumidores. 

Uma pesquisa realizada pela NZN Intelligence mostra que 74% das pessoas preferem realizar as compras online, sem precisar ir até uma loja. Nada mal para algo que era visto como loucura, né? 

E esses números tendem a crescer cada vez mais. Entre os fatores que influenciam nessa preferência entre os consumidores, estão: 

Comodidade

Ficou muito mais fácil para o consumidor fazer suas compras, não precisa nem sair do lugar para realizá-las. Além disso, o consumidor poupa o tempo que gastaria com deslocamento. 

Basta uma conexão à internet, e em alguns cliques já é possível efetuar a compra e o comprador irá recebê-la onde preferir. Dessa forma, é possível evitar lojas cheias, corredores de shoppings lotados, que é algo que gera desconforto nos consumidores.

Mais variedade

Com algumas pesquisas na rede é possível encontrar um número muito maior de opções de produtos em um mesmo lugar.

Fazer comparações

Fica muito mais fácil para o consumidor comparar preços e ver qual a melhor opção, qual site possui o produto com o menor custo para atender sua necessidade.

Avaliações

Por meio de comentários e avaliações de pessoas que já compraram um produto, a pessoa que deseja realizar a compra dessa mercadoria consegue ter mais informações sobre o que deseja. Através do que é dito pelos outros compradores, é possível saber se o produto vale a pena ou se é melhor pesquisar por outro que corresponda mais à sua necessidade. 

Disponibilidade: O consumidor pode realizar sua compra à qualquer hora do dia, no momento que for mais conveniente para ele. 

Como visto acima, existe uma série de vantagens para o consumidor na hora de comprar online, mas não é apenas o cliente que possui benefícios nessa forma de comercialização. 

Quem deseja vender pode encontrar na internet a forma mais eficiente de realizar isso. As vendas podem ser feitas através de um e-commerce ou marketplace. 

Diferença entre e-commerce e marketplace

Um e-commerce é um site de vendas totalmente online que reúne produtos apenas de uma empresa. 

Já o marketplace que é a junção das palavras market, que significa mercado e  place, que significa lugar, remete a algo maior, como se fosse um shopping online, com a presença de várias marcas e produtos em um só lugar. 

A escolha de qual a melhor opção varia com os objetivos do vendedor. Enquanto em um marketplace há mais comodidade, pois basta realizar um cadastro, e catalogar seus produtos, o e-commerce proporciona a uma empresa mais liberdades, pois é possível definir seu design, fazer a criação de campanhas, definir categorias de produtos, formas de abordagem, entre outras opções.  

Além do crescimento da preferência de compras online pelos consumidores, que têm optado em não ir às lojas físicas e recorrer às pesquisas de produtos e de lojas na internet, existem outras vantagens para uma empresa ter uma loja online, confira algumas: 

Maior alcance de pessoas

Vender apenas para quem está por perto da sua loja não é a estratégia mais eficiente de lucros. 

Em um país da imensidão do Brasil, imagina a quantidade de pessoas que podem se interessar por um produto de uma empresa e se tornar clientes dela. O e-commerce possibilita que produtos de lojas, do país inteiro sejam vendidos por todo território nacional, e até mundial. 

Não existe mais fronteiras para as pessoas na hora de efetuar vendas ou realizar compras. 

Empresa mais próxima do seu cliente

Para que o cliente realize sua compra ele irá se cadastrar seus dados e e-mail no site da empresa, e com essas informações é possível abordar de maneira mais efetiva esse cliente. 

O vendedor saberá quem é seu cliente e assim fica mais fácil estabelecer uma comunicação com ele, enviando campanhas e promoções que correspondem ao perfil desse consumidor.  

Monitoramento de desempenho

Através da loja virtual é possível obter informações sobre o desempenho de vendas. Por meio de algumas ferramentas é possível saber o número de pessoas que acessaram o site, o número de vendas, quantidade de produtos ainda em estoque. São informações que auxiliam na administração de um negócio. 

Facilidade na hora de criar campanhas promocionais

Nas lojas online o vendedor pode levar mais benefícios aos seus compradores e atrair mais clientes, por meio de promoções, criação de cupons que dão descontos em produtos. Além disso é possível realizar campanhas com custos reduzidos e acompanhar seus resultados de desempenho de maneira mais otimizada. 

Flexibilidade

O empreendedor responsável pelo site pode estabelecer seus horários e trabalhar de onde quiser. E como a loja funciona 24h por dia, pode fazer vendas em qualquer hora, até quando estiver dormindo. 

Divulgação

Com a postagem de fotos, vídeos e outros tipos de conteúdo, nas redes sociais, é possível atrair o público alvo para a loja online. 

Essas postagens geram interesse às pessoas, que passam grande parte do seu tempo em sites como Instagram, Facebook. Podem ser adotadas estratégias de Marketing Digital, que tem como intuito gerar interesse nas pessoas, aumentar o número de acessos nos perfil de uma empresa, e convertê-los de possíveis compradores à consumidores de uma marca.

Conclusão

Uma loja online apresenta benefícios tanto para quem deseja vender como para quem deseja comprar. 

É uma ótima opção para quem deseja empreender, ou para alguém que já é um empreendedor mas quer aumentar sua competitividade, alcançar novos clientes e aproveitar das vantagens de estar online. 

Com tantas vantagens é hora de colocar sua loja na rede, e acompanhar à mudança de comportamento dos consumidores. Está interessado, mas não sabe por onde começar? Fale conosco! 

Comentários